h1

Molécula do milho pode evitar transmissão do VIH

Março 6, 2008
Recorrendo à engenharia genética, um consórcio internacional de grupos de investigadores conseguiu gerar grandes quantidades da molécula 2G12 – «um dos anticorpos mais promissores» do VIH – em sementes de milho.

A molécula actua como anticorpo do vírus da sida (VIH – vírus da imunodeficiência humana) e pode constituir um tratamento tópico de prevenção «eficaz e de baixo custo», principalmente em África, onde as estimativas apontam para 22,5 milhões de infectados.

O mesmo anticorpo do VIH também pode ser obtido em sementes de outras plantas, referem os investigadores.

O estudo, publicado na revista norte-americana Proceedings of the National Academy of Sciences, destaca as «valiosas propriedades farmacêuticas» daquela molécula microbicida, que pode evitar a transmissão do vírus da sida através da aplicação tópica vaginal.

O coordenador do consórcio, Paul Christou, do Departamento de Produção Vegetal e Ciência Florestal da Universidade de Lleida (Espanha), afirma que este método permite produzir um fármaco «muito mais barato» do que os que são fabricados a partir de culturas de células de mamíferos.

Este trabalho, de carácter filantrópico, foi financiado pela União Europeia com 12 milhões de euros e contou com a participação de 39 grupos europeus de investigação. Entre os seus autores contam-se cientistas de Espanha, Alemanha, Áustria, Grécia e Reino Unido.

Fonte: Ciberia

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: